Lisboa, Capital Ibero-Americana 2017 #01

Lisboa é a Capital Ibero-Americana 2017 e conta com uma programação que inclui mais de 150 actividades. Durante este ano, poderemos ver desde exposições, concertos, uma feira do livro de fotografia, teatro, visitas guiadas, residências artísticas, filmes, colóquios, workshops, um festival de arte urbana, espectáculos de dança e um festival de narração oral.
Como esta iniciativa decorre durante este ano, irei fazer alguns posts sobre algumas actividades que estão ou irão decorrer brevemente. Para Março e Abril, faço destaque de quatro exposições que me parecem ser interessantes.
 
LOS CARPINTEROSComeçamos com a exposição dos “Los Carpinteros“, uma dupla de artistas cubanos, composta por Marco Antonio Castillo Valdés e Dagoberto Rodriguez Sánchez que está nas Carpintarias de São Lázaro. Show Room é uma instalação com móveis suspensos no ar, como se tratasse de uma imagem congelada.Local: Carpintarias de São Lázaro
Morada: 
Rua de São Lázaro 72, Lisboa
Data: Até 01 Maio 2017
Horário:
15h – 19h (quarta a sábado)
Preços:
Entrada gratuita
 
ARPAD SZENES E VIEIRA DA SILVA, OS ANOS DO EXÍLIO NO BRASIL (1940-1947)A exposição “Arpad Szenes e Vieira da Silva, os anos do exílio no Brasil (1940-1947)” mostra o diferente impacto que teve em ambos e como se reflectiu na sua pintura. Para Arpad, a pintura tornou-se mais íntima, familiar, já para Vieira, a pintura reflecte dor e saudade.Local: Fundação Arpad Szenes e Vieira da Silva
Morada: 
Praça das Amoreiras 56, Lisboa
Data: 04 Março a 07 Maio 2017
Horário: 
10h – 18h (terça a domingo) | encerra às segundas e feriados 
Preços: 
5€ | descontos aqui
 
HERÓIS, POVO E PAISAGEM CHILENAEm 1965, Armindo Cardoso saiu de Portugal por motivos políticos. O seu trabalho como fotojornalista começou quatro anos depois, no Chile. Os negativos das fotografias da exposição “Armindo Cardoso, Heróis, povo e paisagem chilena” estiveram enterrados durante três meses num jardim da casa em Quinta Normal, Santiago. Foram recuperados e este arquivo fotográfico com mais de 4000 negativos a preto e branco mostram uma época, rostos de políticos, manifestações ou da vida quotidiana do Chile.
Local: Fundação Arpad Szenes e Vieira da Silva
Morada: Praça das Amoreiras 56, Lisboa
Data: 04 Março a 07 Maio 2017
Horário:
10h – 18h (terça a domingo) | encerra às segundas e feriados
Preços:
5€ | descontos aqui
 
ORDEM E PROGRESSOOrdem e Progresso” é uma nova versão de uma performance- instalação que o artista mexicano Héctor Zamora realizou em Paseo de los Héroes Navales, em Lima, Peru 
e no Palais de Tokyo, Paris. Esta exposição, para além de evocar a tradição marítima enraizada na identidade portuguesa, confronta também a ideia de promessa contida nas embarcações clandestinas que levam milhares de refugiados em perigosas travessias do mar Mediterrâneo.Local: MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia
Morada: 
Avenida Brasília . Central Tejo, Lisboa
Data: 21 Março a 24 Abril 2017
Horário: 
12h – 20h (quarta a segunda-feira) | encerra às terças, 25 Dezembro, 1 Janeiro e 1 Maio
Preços:
5€ | descontos aqui
 
Podem ver toda a programação do evento aqui.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.