Exposições em Serralves

Exposições a decorrerem em Serralves!

Casa de Serralves: O Cliente como Arquitecto
(a 06 Setembro 2015)
Casa de Serralves. o cliente como arquitectoNo arquivo da Biblioteca de Serralves existe grande parte da correspondência entre o arquitecto Carlos Alberto Cabral e Jacques Émile Ruhlmann, Charles Siclis e Jacques Grebèr, arquitectos de Paris que contribuíram para o desenho da Casa de Serralves.
Nos documentos deste arquivo, é possível compreender os passos do processo de construção da Casa de Serralves, e até onde o cliente terá conduzido a concepção da arquitectura da Casa. Desenhos, correspondência, fotografias e uma maqueta são algumas peças que podem ser vistas na exposição.
Mais informação sobre a exposição aqui.

 

Pode um Museu ser um Jardim: Obras da Colecção de Serralves
(até 13 Setembro 2015)Pode um museu ser um jardim. obras da colecção serralvesRelacionamento entre o espaço exterior do jardim com o espaço interior do museu. A exposição transmite o cenário do parque (desenhado por Jacques Gréber) e a arquitectura do Museu de Serralves (desenhado por Álvaro Siza).
Mais informação sobre a exposição aqui.

 

Sob as Nuvens: Da paranoia ao sublime digital
(a 20 Setembro 2015)Sob as nuvens. da paranoia ao sublime digital
 Desde a segunda metade do século XX que se vive à sombra de duas nuvens: a nuvem em forma de cogumelo, a bomba atómica e a nuvem das redes de armazenamento e distribuição de informação.
A exposição apresenta trabalhos de artistas como Andy Warhol, Stan Vanderbeek e Thomas Hirschhorn, entre muitos outros.
Mais informação sobre a exposição aqui.

 

Yto Barrada. Salon marocain
(a 20 Setembro 2015)Yto Barrada. Salon marocain
“Salon Marocain” é a primeira exposição em Portugal de Yto Barrada, artista marroquina nascida em Paris.
Yto Barrada transforma a Casa de Serralves num museu de história moderna e natural. Fotografias a cores de brinquedos berberes, das colecções conservadas no Musée du quai Branly em Paris, uma selecção de objectos produzidos nas montanhas marroquinas do Atlas e o filme “Faux départ” sobre a produção de fósseis falsos, são algumas das obras que se podem vistas no museu.
Mais informação sobre a exposição aqui.

 

Um realismo cosmopolita: O grupo KWY na Colecção de Serralves
(a 27 Setembro 2015)
Um realismo cosmopolita. o grupo kwy na colecção de serralves
A exposição apresenta uma selecção de obras e publicações de artista da Colecção de Serralves que integraram o grupo KWY (responsável pela abertura da arte portuguesa), bem como de artistas portugueses e estrangeiros que colaboraram no projecto editorial. Pinturas, desenhos, instalações e objectos, dão assim uma visão de ideias a nível internacional e dos vários cruzamentos entre a Nova Figuração portuguesa e o Nouveau Réalisme, o espírito Fluxus, o grupo espanhol El Paso e as experiências letristas e da poesia sonora.
Mais informação sobre a exposição aqui.

 

Instalação: “Há Luz no Parque”
(a 16 Agosto 2015)
instalação. há luz no parque
2015 foi declarado pela Assembleia Geral das Nações Unidas como o “Ano Internacional da Luz”.
A Alameda dos Liquidâmbares, a Quinta, a Casa, o Lago, vários percursos e árvores são alguns elementos que se encontram decorativamente iluminados, transformando o ambiente nocturno do Parque numa experiência única.
As visitas nocturnas foram prolongadas até ao dia 16 de Agosto (termina já este domingo) e podem ser livres ou guiadas. Todos os dias as luzes acendem-se às 21h00 até às 00h00. É necessário bilhete para o parque (bilheteira aberta até às 23h00).

Mais informação sobre a instalação aqui.

 

Local: Serralves
Morada: Rua Dom João de Castro 210, Porto
Horário de Verão (até Setembro):
* Museu e Casa: 10h00 – 19h00 (3ªf a 6ªf) e até às 20h00 (sáb, dom e fer) | Encerra às 2ªf
Preço:
* Museu (oferta da entrada no parque): 8,50€
* Domingos com entrada gratuita das 10h00 às 13h00

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.